sábado, 28 de julho de 2007


Fantasias

Tudo mudou, sai sem aviso,
meu sonho desabou,sem calor
carente,invento tento ser feliz
tudo transformado em armadilha
fantasias doentias,medo falar.

Vou sair e inventar
vou cantar alegria
Sou inteira!

Esse adeus me angustia
Mas continuar é risco,loucura
Esquecerei seu cheiro,seus beijos
Te desejarei baixinho,sorrindo pra mim.

Vou sair e inventar
Vou cantar alegria
Sou inteira!

Sandrah

Um comentário:

universo em poesias disse...

Sandra,
a mim foi concedido a honra de nomear você, seu blogger, com o títilo (blogueira) Escritora da Liberdade.
Agora você é uma de nós.
Basta que coloque a imagem dos Escritores da Liberdade que está no meu blogger com os respectivos dizeres adaptados a você e que se encontram no meu blogger.
Parabéns pelo seu lindo blogger!
Marta Peres